Para desfrutar de todas as características de Fungipedia, você deve criar uma conta. Clique no botão para iniciar o processo de criação da conta.

Chroogomphus rutilus

(Schaeff.) O. K. Mill.

Informações adicionais:

  • Nomes comuns: Nenhum.
  • Sinônimo: Gomphidius viscidus L. ex Fr.

Taxonomia:

  • Divisão: Basidiomycota
  • Subdivisão: Basidiomycotina
  • Classe: Homobasidiomycetes
  • Subclasse: Agaricomycetidae
  • Ordem: Boletales
  • Família: Gomphdiaceae
Chroogomphus rutilus - comestible

Características macroscópicas

Características:

Chapéu em exemplares adultos tem um diâmetro que pode chegar ao 10 cm, sendo habitualmente encontrar-se entre os 5 e 8 cm. Quando jovens têm forma cónica ou campanulada, provida de um mamelão agudo nessa etapa e unido ao pé pela presença de um véu filamentoso evidente. Com a maturidade a sua forma é mais estendida, conservando em muitos casos o mamelão mas não muito perceptível, e inclusive por vezes em exemplares isolados a sua forma mamelonado. A cor vai desde ocre com tonalidades vermelhadas a tons mais castanhos ou cobre e a superfície é bastante viscosa com a chuva, sem chegar a ser gelatinosa. A margem permanece envolvente durante os primeiros estados da espécie estendendo-se posteriormente.

Lâminas muito decorrentes, muito espaçadas e notavelmente grossas com um aspecto ceroso, em jovens são de cor amarelo, escurecendo-se gradualmente até ficarem castanhas-escuras e inclusiva negras na velhice. Têm a peculiaridade de serem facilmente separáveis da carne do chapéu, nos exemplares mais jovens apresetam-se arqueadas.

geralmente mais comprido que o diâmetro do chapéu, muitas vezes encurvado, cilíndrico ou normalmente mais atenuado na base. Tem uma cor ocre mas mais claro que no chapéu, por vezes com umas tonalidades cor-de-canela, sendo além disso fibroso e viscoso, este ultimo principalmente com a chuva. Na parte superior dispõe de uma zona anular em forma de cortina, evidentemente em exemplares mais jovens pois com o tempo tende a desaparecer.

Carne espessa e compacta, firme, de cor amarelo claro menos na base do pé que é cor amarelo-açafrão mais viva que o resto do carpóforo. Tem uma certa tendência a escurecer para tonalidades avermelhadas em zonas manuseadas. O seu odor é quase nulo e sabor doce.

Habitat:

Espécie micorriza com os pinheiros da qual aparecem em pequenos grupos. Trata-se de uma espécie Outonal mas que de forma pontual poderá aparecer em outras épocas do ano, sendo além disso uma espécie bastante frequente e abundante em algumas zonas.

Observações:

Espécie comestível. Pertencentes as boletáceas com lâminas separáveis e muito decorrentes, tendo o chapéu mamelonado e aspecto viscoso em todo o carpóforo. Existem outros congéneres com que se poderá confundir, destaquemos o Chroogomphus fulmineus, de cores mais vivas e menos viscoso, o Chroogomphus helveticus, de chapéu seco e piloso em jovem, sem memelão e de cor ocre-alaranjado uniforme. O Gomphidius glutinosus pode também ser parecido mas a sua cutícula está coberta de uma capa gelatinosa e o seu pé é amarelo desde a zona anular a base.

Navegue entre as diferentes espécies: « Choiromyces meandriformis Ciboria amentacea »