Para desfrutar de todas as características de Fungipedia, você deve criar uma conta. Clique no botão para iniciar o processo de criação da conta.

Amanita fulva

Fr.

Informações adicionais:

  • Nomes comuns: Laranja-branca.
  • Sinônimo: Amanitopsis vaginata var. fulva (Fr.) Sacc.

Taxonomia:

  • Divisão: Basidiomycota
  • Subdivisão: Basidiomycotina
  • Classe: Homobasidiomycetes
  • Subclasse: Agaricomycetidae
  • Ordem: Agaricales
  • Família: Amanitaceae
Amanita fulva - comestible precaucion

Características macroscópicas

Características:

Chapéu de tamanho médio, entre 5 a 8 cm de diâmetro, de uma cor chamativa castanho a castanho avermelhado, com o centro mais escuro e aclarando na margem, estriada. Com um bico no centro muito pronunciado. A sua forma é ovóide no início do ciclo de vida, depois convexa e por fim plana. Não apresenta restos de volva e em época de chuvas é viscoso.

Lâminas densas mas não muito apertadas, de cor branca e livres em relação pé.

normalmente branco ou cor de carne, liso, largo em relação ao chapéu. Não possui anel e a volva é branca mas manchada de pardo-arroxeado.

Carne branca e frágil, pouco espessa. De sabor suave e odor apreciável.

Habitat:

Embora apareça em coníferas, é mais habitual serem encontradas em zonas húmidas de bosques folhosos, tanto no Verão como durante o Outono.

Observações:

Apesar de ser pouco carnuda, é comestível mas tem de ser consumida se for previamente cozinhada, já que em cru é tóxica. É muito similar a Amanita crócea, de chapéu alaranjado, pé adornado e volva mais branca, assim como as outras Amanitas na secção das Amanitopsis, como a Amanita vaginata.

Navegue entre as diferentes espécies: « Amanita excelsa var. spissa Amanita gemmata »