Para desfrutar de todas as características de Fungipedia, você deve criar uma conta. Clique no botão para iniciar o processo de criação da conta.

Amanita gemmata

(Fries) Bertillon

Informações adicionais:

  • Nomes comuns: Amanita gemada.
  • Sinônimo: Amanita junquillea Quélet

Taxonomia:

  • Divisão: Basidiomycota
  • Subdivisão: Basidiomycotina
  • Classe: Homobasidiomycetes
  • Subclasse: Agaricomycetidae
  • Ordem: Agaricales
  • Família: Amanitaceae
Amanita gemmata - toxica

Características macroscópicas

Características:

Chapéu entre 5 a 10 cm de diâmetro mas a maioria não chega ao máximo. No seu nascimento é de forma globosa mas abrindo-se sendo primeiro hemisférico, depois convexo e no final plano-convexo, sem chegar aplanar-se por completo. A sua cor é variável, no que resulta de algumas variâncias de espécies, ocre-amarelado é a espécie tipo, com restos de véu de cor branca. A sua superfície é brilhante e viscosa em tempo de chuva, sendo lisa ou estriada na margem.

Lâminas bastante apertadas de cor branca, adnatas ou inclusive livres em relação o pé.

central e engrossando na base em forma de bolbo, envolvido por uma volva floculosa de forma bastante variável. É de cor branca e possui um anel muito frágil mas é habitual encontrar espécimes deste cogumelo sem anel.

Carne branca e tenra, facilmente quebrável. Tem um sabor doce e suave e odor pouco específico.

Habitat:

Frutifica em bosques latifoliados, mas prefere frutificar em coníferas, sobre os pinheiros. A época mais habitual é nos finais de Outono, no entanto também aparece na Primavera. É muito frequente e abundante no norte da península ibérica.

Observações:

Em tempos antigos foi considerada uma espécie mortal. É parecida com a Amanita citrina, de cor amarelo limão e odor a batata, também com a Amanita eliae, de cor bege e mais esbelta.

Navegue entre as diferentes espécies: « Amanita fulva Amanita muscaria »