Para desfrutar de todas as características de Fungipedia, você deve criar uma conta. Clique no botão para iniciar o processo de criação da conta.

Amanita citrina

(Schaeff.) Pers.

Informações adicionais:

  • Nomes comuns: Amanita-citrina.
  • Sinônimo: Amanita mappa (Batsch) Bertill.

Taxonomia:

  • Divisão: Basidiomycota
  • Subdivisão: Basidiomycotina
  • Classe: Homobasidiomycetes
  • Subclasse: Agaricomycetidae
  • Ordem: Agaricales
  • Família: Amanitaceae
Amanita citrina - no comestible

Características macroscópicas

Características:

Chapéu de tamanho médio, diâmetro oscila entre os 5 e os 10 cm, emerge da terra com forma globosa, mas torna-se convexo e no final aplana-se um pouco, chegando a ficar plano na sua última etapa. Como seu próprio nome indica é de cor amarelo limão, pelo menos nas espécie-tipo, no entanto varia os tons chegando a ficar branco em algumas. A cutícula é brilhante e lubrificada em tempo chuvoso, está habitualmente decorada com verrugas de consistência farinhenta e de cor branca ou ocre. Sendo esta separável da carne do chapéu e não estriada na margem.

Lâminas livres em relação ao pé, apertadas de traço irregular, de cor fundamentalmente branco no entanto pode apresentar tons ou reflexos amarelados.

central e cilíndrico, preenchido em jovem e depois oco, geralmente mais comprido que o diâmetro do chapéu e por isso mais esbelto. É de cor branca a amarelo pálido, e está provido na parte superior de um anel sem cor, persistente e estriado, na sua parte inferior possui uma volva circuncisa branca que tende a ficar ocre com o tempo.

Carne espessa e consistente de cor branca, por baixo da cutícula apresenta tons amarelados. Odor a batata e sabor bastante desagradável.

Habitat:

É uma espécie bastante abundante que frutifica em qualquer tipo de árvore. Pode encontrar-se em qualquer época do ano, menos no Inverno.

Observações:

É um cogumelo que durante muito tempo terá sido considerado mortal, devido à sua parecença com a mortal Amanita phalloides, espécie com cor esverdeada, não amarela, cutícula com fibras, volva envolvente mas não circuncisa e sem odor a batata, são muitas as diferenças entre ambas. Outra espécie que se pode confundir é com a Amanita gemmata, espécie tóxica que se diferencia à primeira vista devido ao seu chapéu estriado.

Navegue entre as diferentes espécies: « Amanita caesarea Amanita curtipes »