Para desfrutar de todas as características de Fungipedia, você deve criar uma conta. Clique no botão para iniciar o processo de criação da conta.

Amanita rubescens

Pers.

Informações adicionais:

  • Nomes comuns: Amanita-rubescente, Amanita vinosa.
  • Sinônimo: Amanita rubens Quelet

Taxonomia:

  • Divisão: Basidiomycota
  • Subdivisão: Basidiomycotina
  • Classe: Homobasidiomycetes
  • Subclasse: Agaricomycetidae
  • Ordem: Agaricales
  • Família: Amanitaceae
Amanita rubescens - excelente comestible precaucion

Características macroscópicas

Características:

Chapéu até aos 15 cm de diâmetro, no início globoso e de cor muito clara, depois hemisférico e ocre, mais tarde convexo ou plano e de um tom mais vermelhado. Cutícula coberta de restos de véu de cor branca-acinzentada e lisa, não estriada.

Lâminas completamente brancas em jovem, depois adoptam tons vermelhados em forma de manchas quando velhas. Livres ou adnatas. Bastante apertadas.

de cor clara ou rosada, adopta tonalidades cor de vinho a partir da base. A sua forma e comprimento são muito variáveis. A volva parece um bolbo na base do pé, e contém além disso um anel muito estriado, membranoso e persistente de cor branco a rosa (amarelo na variedade annulosulphurea).

Carne branca que tornando-se vermelha nas feridas e nas zonas com larvas. De odor fúngico suave e sabor doce no entanto amarga ligeiramente depois de um pouco mastigar.

Habitat:

Espécie comum que aparece tanto na Primavera como no Verão e Outono. Frutifica em bosques de caducifólias e coníferas.

Observações:

Comestível embora seja tóxica em cru, pois pode conter uma hemolisina que pode destruir os glóbulos vermelhos, que se volatiza com a cozedura. Confunde-see com a Amanita pantherina tóxica, que esta nunca tem tons cor de vinho, no entanto a espécie que mais parecida com a Amanita franchetti, onde suspeita-se de toxicidade.

Navegue entre as diferentes espécies: « Amanita ponderosa Amanita verna »